DevOps não é Dev & Ops – O que eu não sabia acerca de DevOps

Já há muito tempo que ouço falar de DevOps, mas estava profundamente convencida que era demasiado “techy” para mim. Eu pensava que DevOps era sobre Continuous Integration, Automação, e uns tipos fantásticos que se auto-intutulavam de DevOps e que sabiam quer de desenvolvimento de software quer de gestão de sistemas.

Agora, entendo que estava completamente enganada… DevOps não é igual a Dev & Ops a trabalharem juntas, mas antes a uma organização inteira a trabalhar em conjunto, a colaborar, mas colaborar à séria.

Claro que necessitamos de Automação, claro que necessitamos de soluções para Continous Integration, mas não só.

Numa cultura DevOps, devemos seguir estes princípios:

  • “Know the Flow” (Conheça o seu fluxo) = perceber como é que algo vai de “por fazer” a “feito”.
  • Trabalhar de forma aberta e visível = em vez de trabalhar em equipas isoladas, que apenas se preocupam com o SEU trabalho, toda organização trabalha em conjunto para atingir um propósito.
  • Aprender todos os dias & melhorar = Não perca tempo, se algo precisa de ser melhorado, melhore. Aprenda com as falhas e dissemine o conhecimento por toda a organização.

Mas como podemos transformar uma organização inteira? Em baixo, partilho alguns exemplos práticos:

  • Torne o seu trabalho visível para todos, não se preocupe sobre o que é que os outros vão pensar das suas falhas e sucessos.
  • Mude o “mindset”, deixe-me partilhar esta história que uma vez ouvi..

JFK, antigo presidente dos EUA, em visita à NASA, viu um empregado de limpeza e perguntou-lhe: “O que está a fazer?”. Ele esperava uma resposta, como: “Estou a limpar o chão”, mas antes, o empregado de limpeza respondeu: “ Estou a ajudar o homem a chegar à lua”.

  • Adicione o propósito às suas “user stories”, não desenvolva algo para fazer outra coisa, mas porque o que vai desenvolver vai gerar valor, como por exemplo, aumentar a satisfação do cliente em 80%.
  • Colabore, colabore e colabore um pouco mais… Nenhum homem é uma ilha, portanto não trabalhe como estando numa.

As ferramentas não são o mais importante, mas com certeza que ajudam. As sapatilhas de corrida, não fazem de si um corredor, mas vão de facto ajudar a correr melhor.

Se se encontra à procura de ferramentas que o possam ajudar a compreender o fluxo de trabalho, tornam o trabalho da sua organização visível e ajudam a colaborar melhor como equipa, espreite o Jira, que permite às equipas capturar e organizar o trabalho e o mais importante de tudo, colaborar.

Sofia Neto

Collaboration & Development Solutions Manager, Xpand IT

Sílvia RaposoDevOps não é Dev & Ops – O que eu não sabia acerca de DevOps

Leia mais em

Xpand IT Visionaries

Conheça as novidades, eventos e opinião dos mais reconhecidos experts
do universo de TI, nas áreas de Big Data, Business Intelligence,
Middleware e Mobile.