Lumada Data Catalog: a solução para a organização dos dados

ESTE ARTIGO EM 5 SEGUNDOS:
  • O que é o Lumada Data Catalog e como tirar partido desta ferramenta;
  • Como catalogar e organizar dados, controlar dados sensíveis, gerir dados redundantes e fazer toda a gestão de proprietátios e administradores nos seus catálogos de dados.

E se a forma de organizar dados pudesse ser melhorada? A informação recolhida a partir dos dados existentes nas empresas aumenta todos os dias, e de uma forma que precisa de ser tratada com grandes ferramentas e processamentos de dados. Contudo, à medida que o tempo passa e os dados armazenados aumentam, os riscos de se ter tudo desorganizado e de se perder a noção do que está a acontecer também aumentam. Isto pode levar horas a tentar descobrir o que se quer analisar ou a não estar em conformidade com os dados mais sensíveis. Na verdade, como se pode ser orientado pelos dados se não se consegue encontrar os… dados?

A informação está em todo o lado, podendo ser transformada em conhecimento acessível eficiente, organizando e categorizando por assunto. Isto acontece com livros, apresentações, códigos, qualquer outro tipo de informações e, agora, com dados. Ao catalogar a informação que se obtém do input das empresas, pode-se facilmente rotular e encontrar os dados que deseja trabalhar para prevenir os riscos que referimos anteriormente. Uma das ferramentas que tem o poder de o conseguir é o Lumada Data Catalog. Esta ferramenta da Hitachi permite catalogar os dados usando inteligência artificial e algoritmos de machine learning que etiquetam os dados e validam essas etiquetas com avaliações estatísticas, as quais podem ser confirmadas se estão certas ou erradas e, a partir daí, ensinar o algoritmo a funcionar com os dados. Mas o que se pode realmente fazer com esta ferramenta e que valor pode ser retirado dela? Vejamos os factos:

1. Organize e descubra dados rapidamente

Ter todos os dados catalogados é como ter um índice para os dados. Pode-se aceder e descobrir blocos de informação específicos ao utilizar etiquetas de funcionalidade. Como é que isto acontece? O Lumada Data Catalog usa um processo de IA que insere os dados no catálogo automaticamente, reduzindo a necessidade de manualmente descobrir e etiquetar dados porque, para grandes quantidades de informação, a descoberta manual já não é viável. Depois disso, podem ser aceites as etiquetas e adicionar novas, tais como as que se costumam utilizar ou os termos da empresa para classificar os dados e deixar o processo IA fazer o resto. Isto possibilita a capacidade de ter todos os dados inventariados e só é preciso pesquisar pelas etiquetas específicas.

2. Controle dados sensíveis

Enquanto identifica e etiqueta dados, o processo de IA do Lumada Data Catalog apanha automaticamente todos os dados sensíveis e dá-lhe as etiquetas adequadas. Se houver outros campos de dados que tenham de ser etiquetados como sensíveis, basta dar a mesma etiqueta a esses campos. Isto possibilita um conhecimento instantâneo e a capacidade de manter a conformidade com o regulamento da privacidade de dados das empresas.

3. Gestão de dados redundantes

É muito fácil existirem dados redundantes. Normalmente, a forma de saber que existem é quando um campo surge de diferentes sítios e não se sabe qual é que deve ser utilizado. Ter os dados organizados e catalogados possibilita que se reconheça a existência de dados redundantes e de onde vêm, o que ajuda a gerir rapidamente este tipo de inconveniência.

4. Proprietários e Administradores

Quando se tem um catálogo de dados é como ter uma biblioteca e, como tal, deve ter-se alguém a guardar tudo. É por isso que existem os proprietários e os administradores dos dados. Estes papéis mantêm e gerem o catálogo de dados e ajudam os utilizadores finais sempre que tenham uma dúvida ou necessidade de encontrar algo. Com estas pessoas, adquire-se um ponto de contacto para toda a gente nas empresas referente a qualquer assunto sobre dados.

Considerações finais

É evidente que ter um catálogo de dados pode aumentar realmente a forma como se trata e partilha dados pelas empresas. Para além disso, tratar dados sensíveis de forma adequada e ter pessoas especializadas a gerir os dados, com quem os utilizadores finais podem falar, e seguir processos, é a maneira certa de trabalhar enquanto uma empresa focada em dados. O Lumada Data Catalog pode melhorar este processo ainda mais ao utilizar tecnologias IA e machine learning que permitem organizar tudo automaticamente. Isto pode trazer insights e tomadas de decisão mais rápidas às empresas e potenciar capacidade das empresas de serem competitivas nos mercados de hoje em dia.


José MirandaLumada Data Catalog: a solução para a organização dos dados

Readers also checked out

Want to get amazing Big Data, Business Intelligence, Middleware
Mobile articles & news directly from our experts?
Subscribe to our blogs now.